sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

PRESÉPIO

Sem querer e sem plano, acabei por ver este presépio.
Foi mais um passeio à hora de almoço.
Hoje, digo ontem, o passeio não foi à chuva.
Até gosto de andar à chuva.
O inverno é bem mais silencioso ...
Aliás, andar em contra ciclo é sempre bem mais silencioso.

A cortiça está bem aproveitada e fica bem.

Mas o sinal adorei!
Fez-me lembrar as férias na terra do Pai Natal
e a primeira vez que lá fui,
a esse país onde as pessoas esperam que o sinal dos peões passe para verde mesmo sem vir carro nenhum.
E onde esqueci uma carteira com tudo: documentos, bilhetes de regresso, bastante dinheiro, ...
E uma velhota encontrou-a no banco de jardim e foi entregar à polícia, sem mexer em nada do que estava no seu interior. E quando se tentou oferecer uma recompensa à senhora, de agradecimento, o policia respondeu: ... "Not in Finland!"
Um país feio, aliás o mais feio da Europa segundo um ex-administrador da Cisco Portugal, dito num almoço amigável. 
Um país monótono: só árvores altas e lagos.
Mas bonito no seu interior.
Muito belo sim! 
Quando se penetra no seu interior é lindo, tem paisagens lindas só acessiveis depois de muitos kilometros a pé ou de barco ou de kayak.
Aqui ficam as fotos, não das belezas da Finlândia, mas da minha distração à hora de almoço.