domingo, 3 de abril de 2016

ALENTEJO: A MINHA QUINTA

Mais um passeio no Alentejo. Desta vez para apreciar outras vistas e diferentes atividades.
Hoje vou fazer Geocaching. Pois, aqui no meu alentejo também há dessas modernices :)

Geocaching é um jogo mundial, tipo caça ao tesouro através de coordenadas GPS. Mas o essencial é que os mais pequenos adoram descobrir as caches guardadas nos locais mais excentricos e dificeis de encontrar. Para eles é uma aventura, uma descoberta e um desafio.
Para os pais é uma boa forma de levar as crianças a interessarem-se pela natureza e a sair dos seus joguinhos sedentários em frente a uma consola ou a um PC. E de todos respirarem um pouco de ar puro e de absorverem a dose diária de vitamina D.

E lá fomos nós  de bike à nossa Aventura, procurar a nossa cache. E foi o pequenote que encontrou a caixa de plástico escondida dentro de uma árvore.

 Escrevemos o nosso nickname e data e enviámos o "encontrada" pelo telemóvel. E ganhámos mais um smile no nosso mapa Geocaching.
Aqui está a nossa árvore mistério onde estava escondida a nossa Cache:

Mas aqui no meu alentejo há muito para fazer. E não faltou o passeio de kayak.
Agora o pequenote também já tem kayak para ele, e não rema nada mal. Tive uma boa companhia ao meu lado :)

Também não faltou a caminhada até ao fundo da barragem, onde não se ouve mais que o ruido da natureza. Onde o ruido humano não chega.
É um local lindo onde reina a tranquilidade. Onde se avistam muitas aves e onde vimos uma raposa no último fim de semana. Mas desta vez ela não quis nada connosco e lá ficámos sozinhos na contemplação de tão bela paisagem.


No meu Alentejo há de tudo e também há animais de quinta. Uma vez ajudei a dona deste compexo turistico no nascimento de um carneiro. Estava um bocado enojada a princípio, mas foi fascinante poder ajudar aquele animal que estava tão aflito. O olhar de agradecimento da ovelha mãe ... ainda me lembro dele.

Aqui as galinhas são de campo, pastam como os outros animais.


E também há cavalos. Cavalos para ver e para alugar. A dona desta "quinta" é conhecida por dar todos os dias um passeio a cavalo às 6h, pelo seu território.

E assim nos despedimos do nosso Alentejo. Até à próxima.

E para finalizar almoçámos um delicioso Borrego Assado na melhor paisagem alentejana.
E de sobremesa a famosa serradura que anuncia no restaurante cá do sítio.
(aqui no silêncio de quem não nos ouve vai um segredo muito secreto??: eu sou vegetariana. Não se nota muito, pois não?? ;) ;)  )