sexta-feira, 27 de maio de 2016

AS MELHORES FOTOS

As melhores fotos são as que ficam na memoria

São aquelas que não mostramos a ninguém, porque somos egoistas e queremos reter só para nós?? Será??
Ou porque é algo que nos diz muito e talvez tenha significado só para nós, talvez os outros nem gostem, nem apreciem com tanta intensidade, ou até nem lhes diga nada.
Ou porque é algo muito pessoal ... ou um gosto pouco comum ...

As melhores fotos são instantes da vida, vividos com muita intensidade, ou quadros que contemplamos ... e vup... já passou ... já não existe mais ... foi-se.

Mas as melhores fotos da natureza viva são muito difíceis de tirar, são situações imprevisiveis e durante lapsos de tempo ... um tempo tão curto que não dá para preparar a fotografia, quando estamos apostos já o cenário não existe mais ... voou ... desapareceu ... foi-se ...

Cada vez que passo pelo Alentejo sonho em fotografar cegonhas, nos seus grandes ninhos, nos postes de eletricidade ou nas torres das igrejas.

Mas como as melhores fotos são as que ficam na memoria, não consegui fotografar o cenário que mais gostei: a cegonha mãe a alimentar a cria, a passar o alimento do seu bico para o bico da cria, ... a cegonha mãe em pé, dentro do ninho e a cria deitada com o bico virado para cima, lá bem no alto, num ninho enorme, na torre de uma pequena igreja, na cidade de Alcácer do Sal.

Mas desta vez tenho Tempo, já de atrasada não passo, então estacionei o carro bem junto à igreja, e incrível ... o portão estava aberto! Yupi!!!  Vai ser desta vez!!! Yupi!!!

E lá fui eu cumprir um desejo de há vários anos. Há vários anos que passo na estrada e vejo muitos ninhos e muitas cegonhas. Mas nunca há Tempo ...