terça-feira, 7 de junho de 2016

CASCAIS

Acho que nunca consegui ir a Cascais sem me deparar com algum evento.
Sem ter um mar de gente à minha volta no Passeio D. Luís I.
Mas no passado fim de semana nem o Parque Marechal Carmona falhou. Pois claro, era a festa da criança e havia centros de atividades espalhados por todo o lado.
Centros com atividades muito interessantes, diga-se. Atividades inovadoras, jogos tradicionais, outros exóticos mesmo, como o subir às árvores para declamar poesia, mas tudo muito cuidado e bem feito, com muita imaginação e muito trabalho de bastidor. Muitas e diversas atividades, permitiram uma tarde, e até um dia, bem animado a muitas crianças que ali afluíram com as respetivas famílias.

E tal como na zona de Belém, que toda a gente vai ao pastel de nata nos toldos azuis, e circulam com sacos "Pasteis de Belém" no braço.
Aqui em Cascais há as riscas vermelhas. Por todo o lado há gente com copos de riscas vermelhas. E a fama até chegou ao Chiado (Lisboa - Chiado). E tanto no Chiado como em Cascais a fila é enorme, sai fora da geladaria e prolonga-se pelo passeio.

O stress dos cerca de 10 empregados, em permanência a servir gelados, é imprecionante.
E imprecionante é o que move tanta gente a permanecer numa fila enormemente enorme, para depois saborear um gelado, que se come em 5mn.
Oh! "rica"... mas é Santini!!! ;) e o menino Martim não vê que é Santini?? ;)

Mas o que move tanta gente???
Quando se pode caminhar junto ao mar calmamente e sem multidão.

Bom ... mas Cascais é "fino", bonito, agradável à vista, tem mar, marina, museus, Cidadela, o parque/jardim Marechal Carmona. Aliás o mar faz parte da vila, ela está construída à volta da baía.

Vamos lá dar uma voltinha a Cascais:











E uma voltinha à marina?


E um passeio até ao Estoril?



E por fim vamos para a fila?? ;)