terça-feira, 28 de junho de 2016

ENCONTRO de COLECIONADORES

ALCÁÇOVAS
é uma pequena vila pertentecente ao concelho de Viana do Alentejo, cujas principais atividades económicas, para além da agricultura, são a arte chocalheira e a doçaria conventual.

Depois de percorrer várias vezes as mesmas ruas em busca do mercado, avisto algo familiar - Snack Bar O Carlos. Hum ... conheço isto de algum lado ... 
Pois claro ... há um pacote de açúcar com esta imagem.


No mercado começam a chegar os colecionadores, munidos das suas grandes malas, que mais pareciam as malas dos filmes que transportam as "verdinhas", lol
Enquanto eles chegam e espalham os seus milhares de pacotes de açúcar, percorro as ruas para conhecer a povoação.
Não é grande de tamanho, mas também não é preciso ser grande para se ser "grande".

O jardim, pequeno jardim, mas com grandes sombras. Árvores de boa sombra cobrem as mesas decoradas com o brasão da vila.


Pelas ruas estreitas as casinhas quase todas iguais, formando a decoração tipicamente alentejana, de tudo branco com uma risca azul ou amarela.

A casa das 4 torres, propriedade privada, mais parece um palácio, onde não se encontra a bilheteira para se fazer uma visita.


O sino ecoa forte, bem forte ... pois claro, não estamos na cidade, e há tanto tempo não ouvia um som assim.

Mais à frente, o Palácio dos Henriques e a Capela das Conchas.
Mas o que é isto?? Algo tão diferente do padrão de casas já visitado.
O palácio foi recuperado e está prestes a ser aberto ao público, segundo informação de pessoas locais com quem converso.
O palácio tipicamente árabe, lembra bem a altura das invasões e das reconquistas aos mouros.


Continuando, atinjo a igreja matriz de S. Salvador, onde termina a zona povoada de Alcáçovas e começa o campo, onde se ouve o forte som das rolas, vindo algures de uma qualquer árvore.

E agora?? Tenho que voltar tudo para trás.
Ooppsss ... perdi-me!! lol


No Mercado a conversa vai animada.
Pacotes e mais pacotes, e muitos pacotes ... mas como troco??
Bom, não é para trocar, desta vez é para conhecer pessoalmente as pessoas com quem troco realmente.




Até o Sr. Francisco Sim Sim lá está a publicitar o seu livro, um senhor simpático, com muitas histórias para contar.


E finalmente a hora da entrega dos presentes: fomos chamados pelo nome, e um a um fomos recebendo o Certificado de presença e os Pacotinhos alusivos ao Encontro.



Mas não acabou!
Ainda houve o almoço.


Ainda fomos visitar a Exposição dos Chocalhos.


Ainda fomos ao jardim refrescarmo-nos com bebidas frescas e boa sombra ... hum ... que ventinho tão agradável :)


E a hora já vai avançada ...
para o ano há mais ;)

Valeu!!
Parabéns à Organização!
Parabéns, sim sim