quarta-feira, 27 de julho de 2016

LISBOA: MAMÃ PATA

Aqui num dos cantos mais silenciosos do Parque das Nações mora um grupo de patos, num pequeno lago, com lindos Nenúfares.




Aqui conheci a Mamã Pata. Muito prazer, como vai?? ;) ;)

Não me foi apresentada, lol
mas sou amiga dela.
A nossa amizade é únivoca ... é pena ... ;) ;)
mas ela não entende como a aprecio.

A Mamã Pata e o seu filhote fofinho.
Que ternura ...
E o fofinho é tão querido.
Que quadro mais encantador.


O patinho fofo nada no lago e percorre-o várias vezes, de um lado para o outro, e até já faz umas aterragens dentro de água .... mesmo à pato. :)
Enquanto isso,
a Mamã Pata não sai da margem, com olhar atento vigia-o dos perigos maiores, deixando-o fazer umas aventuras pouco perigosas ... é o precesso de aprendizagem.

Quando o perigo espreita a Mamã Pata põe-se em fuga levando o seu patinho consigo e sempre próximo dela.


Ao fim do dia lavam as penas e lá vai a Mamã Pata colocar o seu patinho na parte mais segura do lago.
Pela caminhada ela pára sempre que ele se distrai pelas margens do caminho.
E lá chegam à entrada mais bem camuflada para a toca mais bem escondida do lago.




E ela fica de vigia.