sábado, 1 de outubro de 2016

ALENTEJO: FERREIRA

Todos os locais têm o seu encanto. 
E quando se tem Tempo para ver,
descobrem-se esses encantos,
escondidos algures,
nas muitas ruas todas iguais ao primeiro olhar.

Ferreira do Alentejo pode parecer à primeira vista, e se calhar à segunda e à terceira, e ..., uma vila igual a tantas vilas alentejanas: de casas baixas e branquinhas, com um supermercado, algumas pastelarias, umas sombras com velhotes a descansarem, e uma casa especializada em ferramentas e materiais agrícolas.

Mas no entanto quando se olha bem, e se percorrem as suas ruas com calma, descobre-se:

- uma bela cascata mesmo no centro da vila


- um Templo de arquitetura única, designado por Capela do Calvário
(pensa-se que as pedras salientes evoquem o sofrimento de Cristo no Calvário ou as pedras que Jesus impediu que fossem atiradas contra a pecadora Maria Madalena)


- um parque tipo bosque
(bem fresquinho nos dias escaldantes de Verão)


- um lago com parque de merendas e com sombra à hora de maior calor
(otimo para um joguinho de bisca :) )


- um largo com arte moderna e exótica


- a Igreja da Misericórdia
(toda pintadinha e com ótimo aspeto)


- uma casa com arcadas


- a Biblioteca Municipal
(com janelas em vitral)


- um suporte para bicicletas
(nesta vila perdida no Alentejo até um suporte de bicicletas existe ;)  hum ...)


- uma zona pública de Internet sem fios
(e até tem Wi-Fi .... e estaaa?? hã ... lol ... )



Realmente ... 
muita coisa se encontra, 
quando se tem Tempo para ver.