quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

LISBOA: RIO TEJO

Lisboa, entre o Cais das Colunas e o Cais Sodré, pode-se fazer uma curta caminhada encostada ao rio Tejo.
Um excelente passeio à hora de almoço, num belo dia de sol. E uma excelente alternativa a mais uma hora  sentado numa qualquer cadeira de um restaurante, apinhado de gente porque está na hora de almoço para todos os trabalhadores.


E para quem gosta de apreciar o rio mais de perto podem-se percorrer os degraus da avenida Ribeira das Naus e ir descendo degrau a degrau ... desde que se tome atenção aos barcos que atravessam o rio e provocam ondas inesperadas ...
oppsss ... 
regressa-se com os pezinhos a fazer choc, choc, lol lol.


Mas como está um belo dia de sol pode-se ficar sentado nos degraus a secar os sapatos, que até é um bom motivo para contemplar a imensidão do rio, as gaivotas que pairam por ali, ou ficar simplesmente sintonizado a repousar no som provocado pelas ondas que batem ali tão perto de nós, e conseguem cancelar o ruido da avenida, que se torna distante.

Ali sentados naqueles degraus, um aqui, outro acolá, várias pessoas perdem-se no Tempo e na amplitude do Espaço.


Do lado do Cais Sodré há o quiosque Ribeira das Naus, para um almoço light ou uma bebida quentinha nas cadeiras mais próximas do rio, a uns centímetros do muro que faz a fronteira entre água e terra.


Do lado do Cais das Colunas o barco do bar Cais da Favorita também serve umas bebidas e também tem umas cadeiras para recostar, e ver água, ponte 25 de Abril e céu.