terça-feira, 4 de abril de 2017

SILÊNCIO


No Silêncio dos meus pensamentos,
navego nas águas frias e profundas do oceano.
Busco terra firme para atracar o meu barco. 
Busco uma ilha ou um continente.

Analiso os factos e os acontecimentos de uma viagem já vivida.
Analiso as coincidências do trajeto e corrijo a rota para o amanhã.
Aprendo com o vento e as tempestades.
Vacilo com o nevoeiro. 

Mas sorrio com o raiar do Sol.