segunda-feira, 29 de maio de 2017

ALDEIA DO CODEÇAL

Um dia fui parar à Aldeia Turística do Codeçal, na freguesia de Gosende, Castro Daire, em plena Serra de Montemuro.
Uma aldeia onde moram 8 pessoas e as casinhas são todas de pedra.
Uma aldeia onde ao acordar se ouve água a correr e o som dos animais a pastar.
E não se ouve mais nada!!

Acordei cedo e fui seguir os sons:

1. De onde vem este som de água?? Não estou no Gerês!
Fui ver e encontrei um tanque de pedra com uma bica de água corrente. Água pura e gelada.

2. Mais à frente um som de animais. E encontrei alma vivente: um rebanho de ovelhas e um pastor.

3. E mais???
Percorri a aldeia e não encontrei mais ninguém.

Mas encontrei um local onde dá prazer respirar e apurar o ouvido.
Por todo o lado há água a correr, ou no tanque, ou pelo chão em pequenos regatos.

E também encontrei pessoas incríveis!! Gente simples que acolhe os seus hóspedes como príncipes.
Gente que tem o cuidado e o carinho de trazer em último para a mesa o pão que estiveram a acabar de aquecer. Sim, o pão vem em último mas não é por acaso, é propositadamente, para que chegue às nossas mãos ainda bem quentinho.

Gente que se alegra com a presença dos hóspedes e os trata como se familia se tratassem. E todos na mesma mesa compartilham uns bons momentos de convivio, como se fossem todos Amigos de longa data.

Cheguei ao fim do dia, num dia de Primavera. Fui caminhar no Trilho dos Carvalhos - PR3 Castro Daire, com uma paisagem de montanha e um frio de rachar.


http://www.aldeiadocodecal.com/