quarta-feira, 3 de maio de 2017

ALENTEJO: ESPLANADA

A esplanada está vazia. De dentro vem um som calmo e bem escolhido para a altura do dia.
Sentado na esplanada observo as constelações no céu. Oiço o restolhar dos animais. Vejo o escuro da noite.

Todas as pessoas que chegam escolhem o calor de dentro.

Esta é uma esplanada no campo, entre árvores e arbustos, com vista para uma albufeira Alentejana.

Sem luzes ao redor  vejo o céu repleto de constelações. À minha frente e em grande destaque está a Ursa Maior, cujo prolongamento das estrelas de baixo (as Guardas) encontra a Estrela Polar, que indica o Norte, (boa!! ainda me lembro!! :) )


Uma simples esplanada com cadeiras de plástico e luzes apagadas, (hoje nem vela me deram).
Mas com uma vista infinita, uma vista de universo.

E quando contemplo este universo grandioso sinto como é pequeno o meu "universo"; como é desprezável qualquer pesar.